Ex-prefeito de Passos é preso em investigação do MP por fraudes em coleta de lixo Destaque

Ex-prefeito de Passos é preso em investigação do MP por fraudes em coleta de lixo

ex-prefeito de Passos (MG), Ataíde Vilela, foi preso na Operação Purgamentum do Ministério Público que investiga fraudes em contratos de prefeituras com empresas de serviço de limpeza e coleta de lixo.

Além do ex-prefeito, são cumpridos outros oito mandados de prisão preventiva e doze mandados de busca e apreensão em Passos na manhã desta quinta-feira (9).
Além do Sul de Minas, o Ministério Público cumpre mandados em cidades do interior de São Paulo, como Batatais, Ribeirão Preto, Patrocínio Paulista e Monte Alto. Em Paulínia (SP), o atual prefeito, Dixon de Carvalho (PP) e seus assessores foram levados para depos no Ministério Público.
Ao todo, serão cumpridos 15 mandados de prisão, 44 de busca e apreensão e 11 conduções coercitivas.
Os mandados foram expedidos pelas Varas Judiciais em Passos e Ribeirão Preto, com apoio da Polícia Civil de Minas Gerais e da Polícia Militar de São Paulo.
A operação é cumprida pela 7° Promotoria de Justiça de Passos, apoiada pelo Grupo Especial de Patrimônio Público e pelo Centro de Apoio Operacional de Patrimônio Público da Procuradoria Geral da Justiça de Minas Gerais.
voltar ao topo